مرحبـاً Selamat Datang Welcome Bienvenue Добро пожаловать Bienvenidos Sejam Bem-vindos

sábado, setembro 30

Primavera em casa - PRIVILÉGIO DE POUCOS



A primavera
chegou no meu quintal, e eu até tenho meu IPÊ particular. Já tirei várias fotos antes que todas as flores desapareçam e só voltem no ano que vem. É uma espécie em extinção - o branco. Com os raios do sol batendo em suas delicadas flores, um reflexo dourado em cada uma delas, faz encher os olhos. Pena que seja um visual que tão rápido vai embora. Primavera - dias de esperança, de renovo, de anseios para o futuro que se concretizam em Deus, mesmo que o gemido da natureza não seja ouvido por todos, oa galhos formam dedos que viram as páginas do tempo com a promessa de que outras flores virão se o Senhor permitir. O vento, os pássaros... Tudo embeleza o ambiente com estas árvores magníficas. Agora, só o ano que vem para encher de novo os nossos olhos com esta maravilha da CRIAÇÃO.



Deixo aqui também registrado meu protesto silencioso contra os predadores da natureza. Cortaram várias árvores que faziam parte de um cenário exuberante, às margens do ribeirão que passa bem atrás de minha casa. Sem autorização, destruíram nosso verde e a fauna da região também devem estar protestando

quinta-feira, setembro 21

O QUE É SER UM LÍDER

AÇÕES NEGATIVAS do líder:

COMODISMO: torna tudo “morno” e sem sal
JULGAMENTO: destrói imediatamente qualquer relacionamento
IRRITAÇAO: transfere a carga de algo errado para outra pessoa
LEVIANDADE: desconsidera que os outros tem sentimentos e preocupações
MENTIRA: acaba com a confiança entre duas pessoas
CRÍTICAS: forma uma “muralha da China” nos relacionamentos

AÇOES POSITIVAS:

ACEITAÇAO: compreende que as pessoas são falhas e precisam de ajuda
OUVIR: permite entender os sentimentos dos outros
PACIÊNCIA: permite suportar-nos uns aos outros
ELOGIAR: auxilia nos laços de simpatia mútua
INTERESSAR-SE: mostra a outra pessoa que ela pode “contar conosco
SORRIR: o exercício mais relaxante e simpático que Deus criou
COMO CRIAR E MANTER MOTIVAÇÃO

MOTIVAR = animar, incentivar, estimular. MOT (de motor), dá idéia de “colocar motor” para que as coisas “andem”.

Uma das mais importantes tarefas do líder é proporcionar motivação. Certamente chegarão os dias em que as dificuldades, os problemas pessoais, as críticas, etc. farão com que percamos o "pique".

A chave do sucesso da liderança é motivar, levando os professores e alunos a serem ganhadores de almas, fiéis aos princípios divinos.

Nossa visão: as almas
Nossa base: a Bíblia
Nosso método: o ensino
Nossa paixão: Jesus
Nosso alvo: a edificação e crescimento da Igreja de Cristo

O problema de nós é querer começar grande. Pensar grande é diferente de começar grande. A obra é grande, mas podemos começar com um passo de cada vez!

A primeira motivação é por servir ao Mestre. Ele é a nossa motivação, nossa vida, nosso propósito. Serví-lo é uma grande honra. Tendo isto em mente, já teremos um ponto de partida importantíssimo.
Não basta apenas criar a motivação, é preciso mantê-la. Motivação não se obtém com palavras elogiosas e não se mantém com as atividades normais e comuns da igreja. É preciso um PROGRAMA DE MOTIVAÇÃO. Sugere-se os seguintes recursos:
8 Mudar o local da reuniãao: para uma praia, jardim, ponto turístico, Monte.
Organizar um Pi-nic no campo, um almoço ao ar livre, uma palestra sobre a terceira idade, menopausa, conflitos no lar, primeiros socorros, uma reunião de beleza: fazer as unhas, dar um trato no cabelo, nos pés, fazer uma palestra sobre gravidez, reunir para prepparar um enxovalzinho de neném, fazer o "Culto do Bebê", palestra sobre educação de filhos, programar uma visita a recém-casados, uma gincana de cultura, preparar uma reunião especial de talentos culinários,
Eleição da senhora destaque do mes, com direito a lembrancinha, etc, a cada trimestre festejar o aniversário das sócias da sociedade de senhoras, organizar um chá beneficente, organizar uma caravana evangelística, intercâmbios, festividade cultural com exposição de quadros, artesanatos confeccionados pelas sócias da sociedade...

PRINCÍPIOS DE TRABALHO EM EQUIPE

Uma das tarefas primordiais de qualquer liderança é formar uma boa equipe de trabalho. Este é um princípio que o próprio Moisés, no deserto, teve que aprender (Ex 18.13-26).

Todos nós sabemos que trabalhar em equipe, em geral, representa um grande ganho de produtividade, uma melhor distribuição de tarefas, um menor esforço individual. Então, porque tão poucas pessoas se dispõe a estruturar equipes?

Não fomos treinados para trabalhar em equipes. Nas escolas, no esporte e no trabalho, somos encorajados a competir em vez de colaborar. Os problemas são apresentados para indivíduos e não para equipes. As recompensas são designadas para indivíduos (notas de provas), os alunos são treinados para serem "auto-suficientes" e não pedirem ajuda, os alvos são estabelecidos por outros, pede-se a indivíduos que os alcancem.

Como a recompensa e o reconhecimento são divididos, entra também aí nosso "ego", pois se tivermos que dividir os louros com outros... Para nós, cristãos, todos os louros são de Cristo, portanto, podemos dispensar esta busca do "ouro olímpico" e tratar de buscar o Reino de Deus, em primeiro lugar (Mt 6.33).

DISTRIBUIR TAREFAS E FUNÇÕES

Aparentemente, este é um passo fácil. Entretanto, ocorrem sutilezas. Observe que:
1. Distribuir tarefas que ninguém quer exige um alto nível de coesão (união) e visão dos membros sobre o objetivo a alcançar. Em último caso, fique com as tarefas desagradáveis para você mesmo. Mas não se sobrecarregue, acumulando tarefas e funções.
2. As funções não deveriam ser mais que 2 por pessoas: exemplo: ensinar na EBD e ser o líder da juventude. Uma terceira função desqualifica a pessoa, por falta de tempo!
3. Nas tarefas que exigem esforço extra, nomeie 2 ou mais pessoas para cuidarem do assunto. Exemplo: visitação aos professores da EBD.
4. Treine as pessoas para tarefas e funções: não importa tanto a qualificação da pessoa, mas sua motivação em desempenhar seu serviço. Um "mini manual" da função ou descrição da tarefa, pode ajudar. Deixe as pessoas do grupo compartilharem experiências e funções.
5. Não "jogue funções": você se lembra das horríveis "reuniões de cobrança"? Nunca faça isto. Dê responsabilidades, mas não exija mais que a pessoa possa, de fato, realizar. Se houve fracassos, toda a equipe deve assumir a responsabilidade. Quando um ou mais membros falham, é sinal que houve falta de motivação ou treinamento, e isto é responsabilidade de todos (inclusive de você!).


Reflita:
1. "As pessoas tendem a se transformar no que você as encoraja a ser - e não naquilo que diz que devem ser enquanto as aborrece e incomoda" - N.Parker
2. Identifique onde estão os talentos da pessoa e então, suavemente, conduza-a para estas áreas. Isto é maximizar a força do indívíduo para o grupo.
3. Comunicação, Treinamento, Motivação: os combustíveis movimentam uma equipe de sucesso!
REUNIÕES DE COORDENAÇÃO

Uma reunião para coordenação e planejamento da equipe pode ter resultados horríveis ou ótimos. Depende da forma de conduzí-la:

1. Horário: tenha horário para iniciar e terminar. Uma boa reunião NUNCA dura mais que uma hora.
2. Conteúdo: informe, de preferência por escrito, alguns dias antes, os ASSUNTOS (tópicos) da reunião.
3. Tópicos: Tenha uma sequência de tópicos e não saia delas. Programe com antecedência os assuntos. Liste poucos e defina UM objetivo para cada reunião. Em caso de impasse, nomeie duas pessoas qualificadas da equipe para resolverem o problema posteriormente (assumindo a responsabilidade sobre o assunto).
4. Peça a sua equipe de sempre trazer por escrito idéias e sugestões.
5. Ata: peça para uma pessoa fazer um registro das decisões tomadas num livro de atas.
6. Não "cobre": reuniões não são cobrança. Se há algum membro de sua equipe que está falho, vá inquirí-lo pessoal e reservadamente!
7. Não debata assuntos polêmicos. Isto só cria desgaste.

? ATITUDES BÁSICAS DIANTE DE DESAFIOS E CRISES:

1. Humildade para reconhecer que nem tudo é perfeito

Reflita:
1. Não existem boas ou más reuniões. Só existem as boas ou mal organizadas.
2. Liderar não é convocar reuniões. Convocar reuniões é um método para obter comunicação e integração entre os membros da equipe.
3. Uma reunião não resolve os problemas do grupo. Mas permite que as pessoas compreendam que sem consenso e responsabilidade não se chegará a lugar algum.
2. Aconselhar-se nos casos mais complexos (pessoas indicadas: Pastor, Liderança da igreja, Oficiais Divisionais de Juventude e Oficiais Divisionais).
3. "Não fazer nada em 24 horas", para não fazer algo errado. Controlar as emoções negativas (ira, frustração, vingança, etc.).
4. Aprender com a situação. Experiência gera conhecimento. Temos a tendência de errar menos, á medida que nosso aprendizado com a adversidade cresce.
Richar J. Needham afirma: "Pessoas fortes fazem tantos erros e erros tão medonhos como as pessoas fracas. A diferença é que as pessoas fortes os admitem, riem deles e aprendem com eles. É assim que ficam fortes".
1. Orar, pedindo sabedoria a Deus.

EXEMPLOS DE LÍDERES QUE ENFRENTARAM DESAFIOS E VENCERAM:

1. Neemias enfrentou oposição violenta para a reconstrução dos muros de Jerusalém. Mas sua determinação na obra foi notável (veja Ne 4.1-23, 6.1-19). Leia os trechos citados e verifique quais foram suas atitudes e comente-as.
2. A missão de Jesus foi combatida por Satanás (Mt 4), pelos homens (fariseus e saduceus), e ainda teve que enfrentar traição de um de seus discípulos e a ignorância de todos os demais! Comente como Jesus venceu:
a. O medo; b) A dúvida; c) As falhas humanas
1. William Booth, líder e fundador do Exército de Salvação, começou a obra com sua esposa, em Londres. Não havia estrutura, pessoal, ou apoio financeiro. De bar em bar, evangelizando, pregava a salvação. Você acha que ele se sentia desanimado? Porque ele não abandonou a obra para viver uma vida mais confortável, segundo os padrões da época? Dê sua opinião.
DIAS DE DESÂNIMO E FRUSTRAÇÕES

É inevitável que ocorram percalços (dificuldades). Prepare-se para elas!

“Ao ser derrotado em uma batalha, lembre-se: você ainda não perdeu a guerra...”

“A derrota definitiva só existe quando nós decidimos não nos levantar mais...”

“No mundo passais por aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo” (Jesus, em Jo 16.33).

Uma das táticas mais importantes para vencer o desânimo é enxergar o fruto, e não o labor. Nosso objetivo é salvar e edificar vidas, através da EBD. Todas as dificuldades, custos e labores serão pequenos, em comparação com o triunfo de uma alma salva!

Não desanime só porque, aparentemente, os métodos e os trabalhos da EBD tem um desempenho relativamente fraco. Você precisa agir, mudando as ações (relembre-se das lições sobre “inovação, motivação e metodologias”). Sentimentos vem e vão, mas os objetivos ficam!

“Espere oposição e críticas. Você nunca poderá agradar a todos ou fazer algo perfeito. Sempre cometerá erros. A grande questão é aprender com eles e seguir em direção aos objetivos já traçados.”

IMPORTANTE! Valorize mais os objetivos do que seus sentimentos e decepções!
ELEMENTOS DE UMA BOA REUNIÃO
1. Brevidade: orações longas e muito falar levam á desordem.
2. Linguagem: simples. As palavras, cânticos, afirmações e passagens bíblicas necessitam, frequentemente, de explicação.
3. Variedade e movimento: cânticos com gestos, palmas e práticas semelhantes. Ensino de novos coros. Orações em uníssono (o dirigente fala a frase e as crianças repetem).
4. Utilização de ilustrações,
5. Atividades simples, como perguntas e respostas bíblicas, entrevistas, brincadeiras rápidas, leitura de uma poesia, uma curiosidade bíblica, etc distribuidas entre as participantes, um testemunho,.

quarta-feira, setembro 20

Desenhos...

Um desenho meu...


Minha vida terrena...


Estava meditando sobre as possibilidades que ainda me restam nos anos que ainda posso viver. Conformar-me de que o mundo está cada dia mais ruim, mas prefiro lutar para fazê-lo melhor, nem que seja protestando contra o corte das árvores e os devoradores da natureza no fundo do meu quintal. Posso lamentar o pecado dos outros, mas prefiro pensar com compaixão, que cada um de nós tem uma fraqueza para vencer e que não sou árbitra de nenhum time de futebol. Vejo-me na possibilidade de sentir pena de mim mesma, mas prefiro agradecer a Deus pela oportunidade de existir e de servir. Posso olhar com pessimismo a situação do cristianismo, mas prefiro levantar minha voz, contra os abusos em nome de Deus, não me conformando com minha própria maneira de viver e nem com a dureza dos corações. Posso reclamar das minhas lutas, ou olhar ao redor e ver que existem pessoas mais sofredores do que eu. Posso gastar meu dinheiro com coisas inúteis, mas prefiro fazer alguém feliz nem que seja só por um momento e com um pequeno pirulito de picolé. Posso por a culpa nos meus pais, mas prefiro ter o meu coração cheio de gratidão pelos bons momentos que vivemos e porque foram pessoas que também lutaram pela vida. Posso ter problemas em manter o meu look em dia, mas prefiro pensar que o meu interior se renova a cada dia. Posso me refugiar no porão da depressão, mas prefiro olhar o Sol da justiça e ver que Jesus sempre dispensa seus raios de luz sobre a minha vida. Posso lembrar que os homens fazem muita sujeira para estar por cima dos outros(até mesmo aqueles que se dizem cristãos), mas prefiro saber que pequenos grandes homens e mulheres já fizeram muito pela humanidade. E creio que quando terminar os meus dias sobre a terra, terei errado muito, mas Deus me julgará com justiça,; terei fracassado muito, nas tentativas de nunca dizer um não para ajudar, quem quer que seja; terei magoado muito, mas pedido perdão muitas vezes, enfim vivi o que me foi possível viver, crendo que me apresentarei diante do Pai através do sangue de Jesus. Certamente cada um de nós ficará diante de Deus. Muitos podem não crer nisso, mas que importa, a fé não é de todos...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

FIQUE POR DENTRO