مرحبـاً Selamat Datang Welcome Bienvenue Добро пожаловать Bienvenidos Sejam Bem-vindos

domingo, janeiro 31

PRINCÍPIOS DE LIDERANÇA

PRINCÍPIOS DOS LÍDERES MEDÍOCRES:

1) Têm que estar sempre certos: Eles precisam sempre ganhar as discussões, forçar as pessoas a concordarem com elas e fazer tudo do seu jeito. Seu ego nunca permite que eles aceitem que estão errados ou que cometeram um erro. Isso acaba destruindo qualquer possibilidade de criatividade ou inovação dentro da equipe.
2) Perdem a calma por qualquer coisa: A maioria dos chefes medíocres usará sua raiva e temperamento explosivo para controlar ou intimidar os outros.
3) Externam seus problemas jogando a culpa nos outros: Ao fazer isso, ao invés de ajudar a resolver o problema e evitar que ele ocorra novamente, só conseguem aumentar os ressentimentos e a desmotivação dentro da equipe.
4) Têm pouca tolerância e nenhuma paciência: Tendem a desrespeitar e diminuir sua equipe, tornando bastante desagradável o ambiente de atividades, matando a paixão e a energia de todos.
5) Têm sérios problemas para controlar-se: A maioria dos líderes medíocres têm que estar permanentemente no controle. Sentem-se perdidos ou desconfortáveis quando algum outro está no comando. Acreditam que têm todas as respostas, e acham que sempre devem ter a resposta certa.
6) Têm medo de delegar: rodeiam-se de pessoas parecidas com eles na forma de pensar, acreditar, comportar e mesmo de vestir. Depois tratam essas pessoas como se fossem escravos sem cérebro, que existem apenas para seguir suas ordens e produzir os resultados adequados. Obviamente, isso acaba matando a liberdade de expressão, a diversidade e qualquer possibilidade de mudança!
7) Não têm um propósito maior na vida: A maioria dos líderes medíocres se preocupam mais com as estatísticas do que as pessoas. Cobram sem parar, e perturbam o ambiente, ao invés de estimular as pessoas.
8) Não têm a habilidade de reconhecer sinceramente: Não conhecem as pessoas pelo que elas são - somente pelo que produzem. Ao serem questionados sobre o assunto, já que existem benefícios comprovados em cuidar do lado humano da equipe, os medíocres sentem-se altamente desconfortáveis, pois se são incompetentes em lidar com suas próprias emoções, imagine então com a dos outros.
9) Têm baixíssima inteligência emocional: Enquanto muitos medíocres tem níveis altos de inteligência e treinamento, com formação em Universidades famosas e muito conhecimento técnico, tendem também à pobreza nas qualidades pessoais, de personalidade e caráter fundamentais para liderar e inspirar uma equipe. Este defeito acaba provocando reflexos em outras áreas, como por exemplo, constantes mudanças nos trabalhos e planos.
10) Não têm autenticidade e honestidade: acha que pode enganar o público com pequenas mentiras, meias verdades e falsas promessas, esquecendo-se que com estes 'pequenos detalhes' na verdade estão cavando sua própria ruína.

As pessoas podem até esquecer-se de algo que você tenha feito ou dito - mas nunca se esquecerão de quem você é, como é e como as tratou. O mundo é pequeno - trate-as bem!
Sete qualidades de um bom estilo de comunicação:

1. DIRETO: procura falar frases simples, indo direto ao assunto (não fica “enrolando”).
2. DESEMBARAÇADO: é “leve”, sem palavras “difíceis” ou “gírias”.
1. EQUILIBRADO: procura ouvir tanto quanto falar e não interrompe a conversa dos outros.
4. ADEQUADO: procura não agredir os sentimentos ou opiniões divergentes.
5. CALMO: ritmo de voz pausado e volume médio.
6 RECEPTIVO: aceita objeções, procurando descobrir quais os motivos para tais.
7. POSITIVO: expressa algo que beneficia o receptor da mensagem (ouvinte), elogia.

O QUE AINDA VEREMOS EM NOSSA GERAÇÃO...


Como O mundo está cada vez mais transtornado.


A ciência se multiplicou, mas o comportamento das pessoas em vez de melhorar só piorou, retrocedeu...
As facilidades proporcionam uma vida mais cômoda, mas isso não fez das pessoas, homens e mulheres mais perto de seus semelhantes.
Antigamente podia-se confiar num cavalheiro, mas a palavra de um homem não é mais confiável, não vale um centavo. Agora é preciso, documento registrado em cartório e se possível dez avalistas a tiracolo...
Temos fartura de comida, mas a generosidade é somente um cartão de visitas em tempo de calamidade. Podemos ajudar numa catástrofe, mas e o seu próximo?
Temos tempo para muita coisa, mas não para as mais importantes da vida, para aquelas que nos acompanharão pela eternidade, para além de uma cripta de cemitério ou filme de terror.
Nunca se cuidou tanto do bem-estar físico, nunca se falou tanto em "colesterol" e as pessoas estão morrendo mais idosas, mas a alma está cada dia mais pobre, mais podre, mais doente e terrivelmente negligenciada.
Nunca se deu tanta valor à cultura como agora, mas os valores éticos, morais, e familiares nunca foi tão atacado, corroído e destruído como em nosso tempo.
Nunca se lutou tanto para defender uma causa, uma idéia, um ideal como em nossa geração, mas nunca se ridicularizou tanto o conceito cristão, os valores morais, a decência, o núcleo familiar tradicional, como nos nossos dias.
A busca por prazeres sensuais nunca foi tão perseguida e explorada, mas mesmo assim as pessoas continuam infelizes, mais depressivas, mas hostis, mais sozinhas, mais vulneráveis, mas complicadas e neuróticas.
Os jovens gozam de liberdade e livre pensamento para onde devam ir ou como dirigir as suas vidas, mas nunca numa sociedade como a nossa pode-se ver tanta destruição, permissividade irresponsável, violência e depravação na juventude como um todo.
Nunca as crianças tiveram tanto acesso a informações, mas nunca foram tão oprimidas, abocanhadas em sua inocência como nos dias atuais.
Nunca numa geração como a nossa, fomos tao bombardeados por uma mídia partidarista, terrivelmente materialista e tendenciosa, que se oponha a tudo que se relacione com o nome de Jesus Cristo, como na época atual.
Nunca estivemos tão voltados para as coisas ocultas das trevas. como se isso fosse ajudar o homem a se livrar de suas mentes culpadas e suas consciências cauterizadas pelo pecado.
Nunca em nossa geração, as pessoas foram tão anestesiadas pelo prazer, hedonistas de carteirinha.

O caos já está instalado desde a fundação do mundo, e uma mudança só acontecerá em Cristo. Fora dEle, não há como regenerar esta raça decaída.
NBB

Estou lembrando de uma música antiga...
Composição: Sérgio Pimenta

Você pode ter a casa repleta de amigos
Paredes e pisos cobertos de bens
Ter um carro do último tipo
E andar conforme der na cabeça

Ou pode até ser um cara que vive apertado
Até mesmo dentro de um lotação
Curtindo assim mesmo num fim de semana
A andar conforme der na cabeça

Mas sempre será como folha no vento
Esperando o momento de cair
Você pode ter tudo aquilo que sonhar
Mas nunca terá a paz que existe lá dentro
Que não se encontra pra poder comprar
Porque essa paz só tem a pessoa
Que se encontra com Cristo

A FANTASIOSA VIDA DE "CHE"

Que exemplo para os jovens...




Ernesto Guevara: ícone dos pobres, mas de relógio Rolex no pulso, claro

Transformado ao longo dos anos numa espécie de “Jesus Cristo revolucionário” graças aos esforços incansáveis da esquerda mundial, o argentino Ernesto Guevara é objeto de autêntico culto a personalidade em todo o mundo.

Entretanto, a leitura do livro do cubano-americano Humberto Fontova, O verdadeiro Che Guevara, e os idiotas úteis que o idolatram (Editora É Realizações, São Paulo, 287 páginas), deixa claro que, embora Guevara seja um inegável sucesso de marketing político e comercial – com sua imagem estampando desde camisetas para bebes até biquíni vestido pela supermodelo Gisele Bündchen – na vida real pode ser considerado um fracasso.


O verdadeiro Che Guevara – e os idiotas úteis que o idolatram



Lançando mão de muitas fontes bibliográficas e orais, especialmente de ex-companheiros de Guevara, Fontova relata, de maneira impiedosa e irônica, como o argentino, muito longe do homem perfeito idealizado pela mitologia esquerdista, era uma pessoa ressentida, vingativa, incompetente e responsável direto pelo assassinato de centenas de pessoas absolutamente inocentes de qualquer tipo de crime.

Vindo de uma desestruturada família burguesa argentina simpatizante do comunismo, Guevara seria considerado, sob qualquer aspecto, um vagabundo, um andarilho perdido no mundo. Seu envolvimento com exilados cubanos no México após uma passagem pela Guatemala acabou levando-o para aventuras em Cuba, no seio do movimento armado contra o ditador Fulgêncio Batista.

A luta contra Batista é um capítulo a parte, que revela muito do modus operandi de Guevara e Fidel Castro. Diferente do senso comum, segundo o qual Batista foi derrotado por uma série de intensas batalhas movidas por guerrilheiros audaciosos, o que menos houve na derrocada de Batista foi luta armada. Castro operava, sobretudo, no terreno da propaganda, angariando dinheiro em grande quantidade, especialmente das elites cubanas, cansadas do regime de Batista, e as simpatias internacionais, em particular nos Estados Unidos, através da mídia que se encarregou de forjar a imagem de valorosos revolucionários para Fidel Castro e Che Guevara – que, aliás, nessa época era apenas mais um dentre vários colaboradores da revolução.

O regime de Batista caiu principalmente pela corrupção de suas forças, que aceitavam dinheiro de Fidel Castro para retirar-se sem luta, cansaço das elites cubanas e dos americanos em tolerar os métodos de Batista, e, em especial, a crença em que Castro e seus homens eram realmente democratas e honestos em seus objetivos.

Após a vitória na luta contra Batista, em pouco tempo a verdadeira face do regime revelou-se: violência, assassinatos, tortura e prisões. E Guevara teve papel fundamental nisso.

Castro e Guevara: senhor e vassalo no reinado de terror imposto aos cubanos
Neste ponto, Fontova faz uma clara distinção entre Castro e Guevara. Enquanto Fidel Castro era muito mais hábil, utilizando a violência como meio para atingir um fim, Guevara parecia ver na brutalidade e assassinatos um fim em si mesmo. Guevara acreditava que a “violência revolucionária” – leia-se, a morte sem piedade de todos os inimigos, reais ou imaginários – era a melhor forma de controlar o poder. Assim, desde o começo, Guevara ligou-se ao aparato repressivo do bloco soviético, transportando seus métodos para o cenário cubano.

Talvez o mais chocante para os fás de Guevara que por ventura lerem o relato de Fontova, seja a imensa distância sobre o significado que lhe é atribuído – um ícone da liberdade e igualdade – e sua real figura. Assim, um homem que é cultuado por líderes de minorias raciais, hippies, alternativos e jovens, tinha, na verdade, uma mentalidade racista, patriarcal, despótica e arrogante, desprezando negros, jovens, “cabeludos”, música – enfim, tudo aquilo que, dizem as esquerdas e desinformados em geral, Guevara simbolizaria.

Humberto Fontova mostra como essas e muitas outras incoerências foram e ainda são resultado do verdadeiro caso de amor que existe entre os meios intelectual e midiáticos, especialmente o norte-americano, e a ditadura de Fidel Castro, citando por exemplo o jornal New York Times, que repetiu com Castro exatamente o que já tinha feito, na década de 1930, encobrindo os crimes do regime de Stalin. [*]

A imensa incompetência de Guevara a frente do ministério da economia destruiu a infraestrutura cubana, desorganizando até hoje um dos países mais prósperos das Américas, levando o caos e a miséria a uma população cristã e orgulhosa, favorecendo sua submissão ao projeto de poder totalitário ambicionado por Fidel Castro. A este respeito, o autor mostra com números e informações detalhadas como Cuba era econômica e socialmente antes da chegada ao poder de Castro e Guevara e como ficou depois.

O livro revela episódios pouco conhecidos, como o envolvimento de Guevara em uma série de atentados terroristas frustrados nos EUA, logo após a chegada ao poder em Cuba, época em que os americanos ainda tinham ilusões quanto aos objetivos de Fidel Castro; o real significado da Crise dos Mísseis – que funcionou como um “sinal verde” para Castro impor seu regime totalitário a Cuba, já que teve a garantia dos EUA de que sua ditadura não seria incomodada –; a chamada “invasão da Baía dos Porcos” e a dura repressão contra a revolta popular mantida durante metade da década de 1960 pela população rural cubana contra o regime de Fidel Castro, como reação à coletivização forçada.

As aventuras externas de Guevara, primeiro no Congo e depois na Bolívia, em missões militares permeadas de muita retórica revolucionária vazia e nenhuma competência até mesmo para assuntos práticos elementares (como, por exemplo, ler uma bússola para não se perder na selva), resultaram primeiro no descrédito de Guevara como um líder revolucionário viável, após o fracasso no Congo, e, depois, em sua morte na Bolívia, encerrando assim sua vida e carreira de revolucionário que se pretendia genial. Curioso notar que tanto no Congo quanto na Bolívia Guevara foi confrontado por forças das quais faziam parte cubanos que haviam deixado seu país após o início dos desmandos do "Che" e Castro, e que demonstraram muito mais competência militar do que Guevara, cuja tão falada habilidade tática e estratégica encontra-se guardada junto com seus demais méritos, ou seja, na propaganda.

O livro de Humberto Fontova é valioso não apenas pelas suas informações, que inclusive podem ser um ótimo antidoto para os inocentes úteis simpatizantes de Guevara, mas por ser o único trabalho publicado no Brasil, em muito tempo, a ir contra o senso comum que transformou um homem medíocre em um deus no templo da ideologia comunista.

Destaque também para o documentário que acompanha o livro, “Guevara, Anatomia de um mito”, com imagens e depoimentos sobre Ernesto Guevara desde seus tempos de desocupado na Guatemala até sua morte na Bolívia, complementando de forma muito eficiente e sóbria o trabalho de Fontova.

[*] Nota: Um dos maiores biógrafos “chapa-branca” de Guevara citado várias vezes ao longo do livro de Fontova, o mexicano Jorge Castãneda, antigo esquerdista radical há alguns anos convertido ao socialismo light de cunho social-democrata atualmente predominante na política latino-americana e nos EUA, esteve há poucos dias envolvido num episódio no minimo curioso.

Convidado para um evento na Venezuela, promovido pela oposição ao ditador Hugo Chávez, Castãneda criticou o fato de que “Chavez estava tentando criar outra Cuba” na América Latina. Para quem dedicou grande parte de sua vida a incensar o tirano Castro e vassalos do ditador como Guevara, essa é uma virada e tanto.

FONTE: http://blogcasamata.blogspot.com/2009/06/o-verdadeiro-che-guevara-e-os-idiotas.html

quarta-feira, janeiro 27

UM OLHAR DE MISERICÓRDIA AO HAITI





ACOMPANHEM AQUI A HISTÓRIA DO MISS WESLEY ATRAVÉS dos emails que recebo:

Você pode participar do socorro e reconstrução do HAÍTI, ajudando a enviar um missionário por um período mínimo de 3 meses.
Wesley tem curso de resgate e socorro internacional pela Cruz Vermelha, além de ser missionário em tempo integral e líder da Missão Resgate Radical.
Queremos compartilhar o e-mail que recebemos da liderança da missão Jocum baseada no Haiti:
Hola Wesley,
Soy Jack Kody. Estoy en la oficina de Jucum Republica Dominicana.
Estamos aqui para ayudar los que quieren ir a Haiti. Tenemos un sitio al lado del palacio presedential en Puerto Principe y hay mucha necesitad alla.
Avisame si puedo ayudarte.
Bendiciones,
Jack

NECESSIDADE:
Não achamos vôo direto para a Republica Dominicana (ao lado do Haiti), achamos um vôo pela TAM indo para Miami e depois pegando um vôo da American Airlanes para Republica DOMINICANA. O porém é que precisamos de visto de trafego (mesmo ficando somente no aeroporto) para os EUA.
Essa passagem custa somente ida : R$ 2.500,00
Mais custos com visto para EUA E REPUBLICA DOMINICANA

E mais o valor do passaporte: R$160,00 (que já está sendo tirado)
E mais custos da estadia do Wesley por 3 meses lá (ALIMENTAÇÃO, VIAGEM DA Republica Dominicana até o Haiti e etc...)
Como ajudar?Orando, em primeiro lugar!
Ajudando com finanças, passagens, milhagens etc...
Se você puder ajudar nos mande um e-mail ou nos ligue.
Repasse este e-mail ao maior numero de cristãos que você conhece.
Com carinho da família missionária
Wesley, Priscila, Judhi, Hadhija e Samihra.
RESGATE RADICAL EM AÇÃO.
resgateradical@hotmail.com
Fones (21) 9581-8232 (21) 2634-2165.
Caixa postal 114028 Maricá- RJ CEP: 24.900-000
CONTRIBUA
O que parece pouco aos seus olhos pode ajudar em muito nosso ministério.

BRADESCO Ag. 1960-7 C/C. 25248-4
CAIXA ECOFEDERAL Ag. 4063 C/P. 00617870 - 3 operação 013
ITAÚ Ag. 3197 C/P. 11187-9/500 ( /500 SOMENTE P/ DEPÓSITOS)
CPF 162.793.968-78

2º CONTATO

oi gente,
Wesley acabou de me ligar e ja estava no aeroporto embarcando para o Haiti.
Orem por seu voô que é + ou - 9 horas, pela equipe e pela saúde de todos.
Essa equipe está levando ferramentas para começar a reconstrução da base missionária e ajuda aos carentes.
Acompanhe essa viagem missionária pelo blog :
http://beagablog.blogspot.com/

Uma nova historia Deus tem para o Haiti e faremos parte disso!!!
Priscila
RESGATE RADICAL

3º contato


A viagem da republica dominicana pra o Haiti foi bem conturbada, na realidade a pobreza da ilha é muito maior do que eu imaginava, tivemos trabalho pra passar na fronteira, mas no fim deu tudo certo.



Assim que chegamos a capital porto príncipe, fomos direto para o centro da catástrofe, onde esta reunido o maior numero de acampamentos dos desabrigados (esses acampamentos são feitos de lonas e barracas doadas e eles somem a nossa vista de tão grande que são, incontáveis famílias) a frente do palácio do governo tivemos contato com varias crianças que nos envolvem de tal forma que fica difícil andar, só por sermos brasileiros.

Vi varias pessoas vendendo doações q eram pra ser distribuídas gratuitamente, acidentes de transito toda hora acontece! Inclusive com nossa van, (foi quando descobrimos q o motorista q nos trouxe de São Domingos até Porto Príncipe era o mesmo motorista q dirigia para o casal de missionários americanos q tentaram levar 33 crianças e foram presos). Estamos num orfanato bem mais no meio da parte mais atingida, onde estão acampadas varias ONGs evangélicas q estão dando apoio ao Haiti, em volta do lugar q estamos poucas coisas ainda estão em pé.

Ao anoitecer, as pessoas ficam nas ruas andando com velas nas mãos e como eles não tivessem para onde ir. Quase não existe iluminação publica então elas ficam andando pra La e pra Ca!

Hoje de tardinha fomos fazer um trabalho em uma favela que desabou toda, mas como era tudo de madeira eles já ergueram tudo de novo. Só o fato de estarmos com a camisa do Brasil já serve de estratégia pra ganharmos o direito de sermos ouvidos


Exibimos um filme cristão no maior campo de desabrigados, fizemos evangelismo e eu gastei meu inglês e evangelizei e no final orei pelo jovem que ficou o tempo todo ouvindo
o tradutor de "criolo" língua falada pela maioria. Existe uma união incrível de Deus com todas as missões cristãs do mundo todo.

Estou chocado com tudo que estamos vendo, é horrível ver inúmeras casas ainda soterradas e sabemos que existem corpos lá dentro que não foram resgatados.Amanhã vamos cavar algumas valas pra prefeitura conseguir concertar o esgoto!

Continuem orando por mim e pela equipe... Deus está reconstruindo está nação!

Wesley “Kareca”
RESGATE RADICAL EM AÇÃO.

MAIS CONTATOS
A viagem da republica dominicana pra o Haiti foi bem conturbada, na realidade a pobreza da ilha é muito maior do que eu imaginava, tivemos trabalho pra passar na fronteira, mas no fim deu tudo certo.



Assim que chegamos a capital porto príncipe, fomos direto para o centro da catástrofe, onde esta reunido o maior numero de acampamentos dos desabrigados (esses acampamentos são feitos de lonas e barracas doadas e eles somem a nossa vista de tão grande que são, incontáveis famílias) a frente do palácio do governo tivemos contato com varias crianças que nos envolvem de tal forma que fica difícil andar, só por sermos brasileiros.

Vi varias pessoas vendendo doações q eram pra ser distribuídas gratuitamente, acidentes de transito toda hora acontece! Inclusive com nossa van, (foi quando descobrimos q o motorista q nos trouxe de São Domingos até Porto Príncipe era o mesmo motorista q dirigia para o casal de missionários americanos q tentaram levar 33 crianças e foram presos). Estamos num orfanato bem mais no meio da parte mais atingida, onde estão acampadas varias ONGs evangélicas q estão dando apoio ao Haiti, em volta do lugar q estamos poucas coisas ainda estão em pé.

Ao anoitecer, as pessoas ficam nas ruas andando com velas nas mãos e como eles não tivessem para onde ir. Quase não existe iluminação publica então elas ficam andando pra La e pra Ca!

Hoje de tardinha fomos fazer um trabalho em uma favela que desabou toda, mas como era tudo de madeira eles já ergueram tudo de novo. Só o fato de estarmos com a camisa do Brasil já serve de estratégia pra ganharmos o direito de sermos ouvidos



Exibimos um filme cristão no maior campo de desabrigados, fizemos evangelismo e eu gastei meu inglês e evangelizei e no final orei pelo jovem que ficou o tempo todo ouvindo
o tradutor de "criolo" língua falada pela maioria. Existe uma união incrível de Deus com todas as missões cristãs do mundo todo.



Estou chocado com tudo que estamos vendo, é horrível ver inúmeras casas ainda soterradas e sabemos que existem corpos lá dentro que não foram resgatados.Amanhã vamos cavar algumas valas pra prefeitura conseguir concertar o esgoto!


Continuem orando por mim e pela equipe... Deus está reconstruindo está nação!

Wesley “Kareca”

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Fomos na base brasileira da ONU, os missionários pediram para que eu falasse (porque sou ex militar), nós levamos uns 3 nomes de pessoas que nos deram como referencia mas nenhum era conhecido, então um sargento nos chamou de canto e perguntou o que queríamos, e constrangidos respondemos: REMÉDIOS!

Ele nos encaminhou para outro lugar e nos deu um nome, ao chegar la fiz alguns comentários militares e descontraímos,o tenente coronel entrou e nos disse que não poderíamos pegar os remédios naquela hora, mas teríamos que almoçar com eles, eu e o outro missionário fomos “obrigados” a comer comida, sobremesa e muitos sucos...haahaha.


Fomos levados a um major muito legal e nos deu muitos medicamentos, só não nos deu mais porque não tínhamos um veículo maior para levar.

No final perguntei a religião do major ele me enrolou, e perguntei se odiamos orar por ele, ele aceitou e nós oramos lá, foi ótimo.
Isso, para nós, foi uma lição porque estávamos contando com a ajuda de homens (os 3 nomes que levamos), autoridades coronéis, capitães, mas Deus usou um sargento, que nunca vimos na vida e ninguém conhecia.

Deus estava mostrando que é só Nele que devemos esperar a ajuda. E para nossos lideres "gringos" foi uma o ensino pois , eles não queriam liberar a van para irmos ao batalhão brasileiro, afinal Brasil para eles é terceiro e ultimo mundo.


Amanhã estaremos levando as doações a uma comunidade que fica a 80 Km de onde estamos acampados, é um local onde não chega ajuda nenhuma do governo somente nossa equipe tem ido ajudar.
Fazemos curativos no corpo e "impomos" as mãos para que Deus cure a alma de cada um deles.

Orem pois 6 membros da equipe irão ficar um pouco mais(inclusive eu), e cada um de nos vai pagar para a mudança do dia de volta das passagens R$ 200,00 e mas R$ 80,00 pelo transporte que teremos que pegar até outra localidade onde iremos pegar o avião (ainda não foi definido).


Também orem pois irei ficar uns 3 ou 4 dias sem internet e com isso fico sem enviar noticias e também sem falar com minha maior apoiadora e linda esposa, aproveito e peço que orem por minha família.

Hoje começo a tomar injeções p/ melhorar minhas dores de coluna, orem p/ que eu me recupere definitivamente.

O blog mudou de nome, nos acompanhe por lá. HTTP://jocumbrasilnohaiti.blogspot.com/

Wesley “Kareca”


RESGATE RADICAL EM AÇÃO.

NÃO PERMITA...

Que o amor por Jesus seja reduzido a um monte de palavras vazias e sem suor.
Que o zelo que você tem com a sua igreja seja reduzido a um ritual de domingo a noite.
Que a frieza espiritual o faça mais frio que o congelador da sua geladeira.
Que uma advertência feita a você se transforme no espeto de satanás.
Que os outros o vejam como crente das "seis hora".
Que sua lingua seja depósito de detritos torpes.
Que por seu modo de viver, alguém abandone a Cristo.
Que uma simples garoa, o afaste da comunhão com os irmãos.
Que você se julgue superior aos outros por causa do que Deus lhe concedeu.
Que as pressões psicólogicas venham a nocauteá-lo espiritualmente e você seja vencido pela depressão.
Que por falta de sua iniciativa, a obra de Deus fique parada.
Que a sua oração seja mecânica e superficial.
Que seu coração se tranque para a generosidade.
Que sua Bíblia amontoe teias de aranha ou fique amarelada no salmo 91.
Que os maus pensamentos povoem sua mente com liberdade de expressão.
Que o lazer ou qualquer outra atividade tenha todo o seu entusiasmo e não sobre nada para as reuniões de oração.
Que a influência de gente descomprometida com Deus, prejudique o seu entusiasmo pela vida cristã.
Que as notícias tendenciosas da Mídia o façam perder a fé na autoridade de Deus sobre todas as coisas.
Que as pressões do mundo ti faça covarde e negligente.

Seja forte!!!! Seja perseverante! Seja santo!!!

terça-feira, janeiro 26

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL- UM DIA DEDICADO ÀS MISSÕES









TEMA: Eis-me aquí, envia-me a mim... Is.6:1-8
8 horas – Momento de intercessão pelos missionários . Preparar uma caixa com os nomes dos missionários da APMT e da JMN. Cada pessoa sorteará um para orar neste momento. Poderão ser incluídos alguns motivos de oração especial para determinados campos. Deste momento participarão todas as Sociedades Internas.
8h45min – Café comunitário
09hs – Escola Dominical Missionária
• Abertura - Se possível, convidar um missionário para falar do dia a dia de um missionário ou ler alguma correspondência missionária.
• Classe de Adultos – Porque fazer missões
• Classe de Jovens – O jovem e missões
• Classe de adolescentes – Adolescente missionário
• Classe das crianças – Cada professor preparará uma historia missionária e tarefas missionárias.
• Fechamento da Escola Dominical com a participação de todas as classes, compartilhando o tema estudado.

12hs – Almoço
13:30 – Cartas missionárias – Separar antecipadamente os contatos por faixa etária para que as crianças, os adolescentes , os jovens e os adultos escrevam aos missionários e seus familiares neste momento.
14:30 – Evangelismo local - Com a participação de todos. Distribuição de folhetos, cantar em praças, etc.
RECESSO
CULTO DA NOITE
Adoração
Monólogo - uma pessoa vai se vestir caracterizado de Isaias e vai falar o texto de Isaias 6: 1-8 , para dar mais vida pode encenar e falar como se estivesse conversando com alguém....coloque uma música de fundo para entrada e apague as luzes ( quando o personagem falar: A quem enviarei...... prepare alguns irmãos que possam ir respondendo..Eis-me aqui, envia-me a mim, de maneira que dê ênfase ao chamado...depois o personagem responde sozinho)
Leitura conjunta do tema do Culto - MISSÕES É:
É A ORDEM DE DEUS – O próprio Deus preparou um plano de salvação, nesse plano estava contida a obra missionária, para salvar o homem perdido
É A ORDEM DE JESUS – um dos maiores mandamentos de Jesus é fazer missões: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura”.
É A OBRA DO ESPIRITO SANTO – o Espírito Santo capacita e guia a Igreja no avanço da Obra missionária.
É DEVER DA IGREJA – Jesus não deixou a responsabilidade da grande comissão a nenhuma instituição humana, antes delegou-a à sua amada igreja.
É RESPONSABILIDADE DE CADA CRISTÃO – cada um de nós tem a responsabilidade de apoiar a obra missionária com a oração, contribuição financeira e evangelização.
Cântico do Hino Quem irá?- nº 289 NC
Oração de louvor e adoração
Leitura: Mateus 25:14-18;28-30
Slides ou Data-show com informações sobre cristãos perseguidos ou lugares ainda não atingidos pelo evangelho.
Dinâmica: Porcentagem de cristãoS
Prepare e distribua para algumas pessoas, antes do inicio, do culto:
• 32 papeis marrom ou preto (50%) –pessoas que não conhecem a Jesus e não têm quem fale dele
• 15 papéis verdes - pessoas que não conhecem a Jesus, mas têm condições de ouvir
• 15 papéis azuis –“cristãos”
• 2 papéis branco – escrito CV – cristão de verdade
DINÂMICA (dirigida por um narrador)
Imagine que nós aqui somos o mundo inteiro..
Quem tiver o papel marrom fique em pé representando as pessoas do mundo inteiro que nunca ouviram falar de Jesus, de sua salvação e do céu preparado para os salvos. Há um grande problema pois não existe ninguém que more perto de vocês para lhes falar de Jesus. Não há Bíblias escritas em suas línguas. Vocês são muitos e poderão morrer sem Deus, se ninguém for até onde vocês estão para falar de Jesus...PODEM SENTAR
Quem tem o papel verde fique em pé. Vocês são a parte daqueles que também não são salvos, mas já ouviram falar do amor de Deus e da salvação em Jesus através da televisão, rádio,.... Vocês podem ir à igreja pois existem igrejas perto de vocês. São como nossos familiares, colegas, amigos de escola, trabalho, vizinhos que ainda não aceitaram Jesus, mas elas podem fazer isso, se quiserem. PODEM SENTAR
Agora, quem tem o papel azul se levante. Vocês representam os que fazem de conta que conhecem a Jesus e a Palavra de Deus, até vão à igreja..,fazem oração....mas.... não receberam Jesus de verdade. Vão a igreja porque estão acostumados, lêem a Bíblia só por ler ( quando lêem). Não deixam de fazer as coisa erradas que sabem que desagradam a Deus. PODEM SENTAR
Está faltando um tipo de pessoa.Quem tem o papel branco escrito CV fique de pé também. Vocês representam os Crentes de Verdade. São pessoas que conhecem e amam a Jesus. Falam de Jesus e querem que outros também venham a conhecê-lo. Se sentem responsáveis pelas almas perdidas mas...vocês são muito poucos.PODEM SENTAR
Muitos não sabem quem é Jesus e não ficarão sabendo se alguém não sair do seu lugar e for até lá para falar para ele. São também muitas as pessoas que não conhecem a Jesus mas têm condições de conhecê-lo, mas são tão poucas as pessoas que falam de Jesus.
O próprio Jesus um dia falou: Orai ao Pai para que envie mais trabalhadores para falar do seu amor, pois são poucos e o campo está preparado para a colheita...
O próprio Deus falou para o profeta Isaias, que tantas pessoas precisam ouvir falar dele e o único jeito seria enviar alguém, uma pessoa, não um anjo ou coisa parecida. Disse Deus: A QUEM ENVIAREI E QUEM HÁ DE IR POR NÓS? Isaias responde: EIS-ME AQUI, ENVIA-ME A MIM., EU IREI.
Deus continua fazendo esta pergunta: A quem.......? Quem pode falar como Isaias: pode me mandar Senhor, eu vou!
SE VOCÊ NÃO PODE IR, AINDA PODE FAZER 4 COISAS:
1. FALAR DE JESUS PARA AMIGOS E FAMILIARES
2. PROCURAR CONHECER MAIS SOBRE MISSÕES E OS PAÍSES QUE NECESSITAM DE MISSIONÁRIOS.
3. ORAR PELOS MISSIONÁRIOS.
4. PARTICIPAR DO SUSTENTO FINANCEIRO DOS QUE ESTÃO NOS CAMPOS.

Ofertório: Cantar hino Igreja, Alerta! 287- NC para recolher ofertas
Oração pelos continentes e pelas ofertas
Edificação: Mensagem vinda, de preferência, através de um missionário.
Chamado àqueles que querem se compromissar com Missões.
Leitura Apoc: 22: 12-17
Benção Apostólica
≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡
EQUIPE DE TRABALHO
1. EQUIPE DE COZINHA – CAFÉ E ALMOÇO
2. EQUIPE DE DECORAÇÃO:
o SALA DE ORAÇÃO: FOTOS DOS MISSIONÁRIOS, CAIXA COM OS NOMES DOS MISSIONÁRIOS PARA ORAR, PAINEL DE MOTIVOS DE ORAÇÃO
o IGREJA: MAPAS DOS CONTINENTES E DO BRASIL ONDE TEMOS MISSIONÁRIOS, FRASES SOBRE MISSÕES POR TODA IGREJA E NO SALÃO
3. EQUIPE DE EVANGELIZAÇÃO – PREPARAR FOLHETOS
4. EQUIPE DE INTERCESSÃO – DEVERÁ ESTAR ORANDO E JEJUNADO DURANTE O PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DO PROJETO. FAZER UM RELOGIO DE ORAÇÃO REVEZANDO OS QUE ESTARÃO DE PLANTÃO NA SALA DE ORAÇÃO NO DIA DO EVENTO.

MATERIAIS:
o PAPEL PARA ESCREVER AS CARTAS
o CANETAS
o ENVELOPES
o ENDEREÇOS DOS MISSIONÁRIOS
o COLA
o LEMBRANÇINHAS – MARCADOR DE BÍBLIA SOBRE O TEMA
o REVISTAS DA APMT E JMN

MORTE!!! ONDE ESTÁ A TUA VITÓRIA?

Estou ouvindo Billy Graham nesse exato momento, sobre a radicalidade da morte. Que a tecnologia é impassível diante dela. Nossa geração não quer ouvir falar sobre a dita cuja. A morte é uma questão para ser debatida na velhice e não na juventude. Falar sobre a morte é um grande tabu - se não - o maior deles. A morte é desconversada, é ignorada. E quando se pensa nela é com desdém, como artigo gótico, como moda nada mais. Mas, este encontro é inevitável, sinistro realmente, mais inevitável. Todos teremos nosso réquiem particular. E é interessante, que até entre os cristãos, ela parece ter uma certa força de mau-agouro. É claro que não fomos criados para sermos tragados por ela. Por isso, o desdobramento mais maravilhoso da história, com seu clímax no Monte Calvário - para termos vida através de Jesus. Declaremos com firmeza, fé e profunda expectativa:" Para Mim o viver é CRISTO, e o MORRER, LUCRO". Portanto, MORTE!!! ONDE ESTÁ A TUA VITÓRIA?

E finalmente... Onde está a solução para a sua aniquilação? Não nas mãos da tecnologia e da ciência é claro!!!!!!!

O PASSADO...

Meu passado está povoado de lembranças que eu gostaria de resgatar, mesmo que fossem pequenos fragmentos somente. Você já tentou rever pessoas da sua infância, ou mesmo da escola? Mas, é estranho, como as pessoas reagem diante dessas mesmas lembranças: ora com indiferença, ora com hostilidade, hora com silêncio. Cada um de nós tem dificuldades para relembrar o passado, concordo plenamente, mas elas não podem ser encaradas como fantasmas. Somos transformados a cada dia como cristãos, é assim que se espera de nossas experiências, que essas lembranças não contaminem nossa ternura para com os outros. É um herói, quem consegue lidar bem com seus fracassos e perturbações do passado. Só não podemos reagir com amargura. Embora você tenha recordaçoes agradáveis dos moumentos de outrora. Não dá para entender...

domingo, janeiro 24

CULTO DE HOJE À NOITE

Não há como não ser contagiado, tocado e comovido pela maravilhosa Palavra de Deus. Ela realmente é uma fonte de graça. Como Deus é bom. A mensagem foi baseada no Salmo 86. Sem dúvida, a Palavra de Deus alimenta a alma. Você perdeu a primeira chance da sua vida? Não se perturbe, pois Deus sempre estará de mãos estendidas para o desanimado, abatido, insatisfeito, desconsolado, ansioso e fraco, pois o poder de Deus se constrói e se instala quando estamos conscientes da nossa fragilidade. Deus o abençoe!
Salmo 86

1) Ó SENHOR, CHEGA os teus ouvidos mais perto de mim! Responde-me, pois já estou desesperado com tantos problemas.
2) Protege a minha vida do mal, porque eu me esforço para obedecer tua Lei. Ó meu Deus, salva-me, pois eu sou teu servo e confio em Ti!
3) Salva-me com a tua graça ó Senhor, pois venho pedindo a tua ajuda dia e noite sem parar.
4) Enche a minha alma de alegria, pois sou teu servo e concentro meus pensamentos e orações em Ti.
5) Meu Senhor, Tu és bondoso, cheio de amor e sempre pronto a perdoar; Tu sempre ajudas todos os que Te procuram.
6) Ó Senhor, ouve a minha oração! Escuta com atenção meus insistentes pedidos por misericórdia.
7) Sempre que eu estiver com problemas pedirei a tua ajuda, porque Tu sempre me respondes!
8) Não há, entre todos os deuses de outros povos, um único deus que possa ser comparado a Ti. Ninguém é capaz de fazer as coisas que Tu fazes!
9) Todas as nações que Tu mesmo criaste, um dia virão e se curvarão diante de Ti, para Te adorar e louvar, ó Senhor!
10) Pois Tu és grande e fazes grandes maravilhas. Tu és o único Deus!
11) Ó Senhor, ensina-me o teu caminho verdadeiro, e eu andarei por ele; ajuda-me a Te amar e obedecer com todas as forças do meu ser!
12) Eu Te darei graças, Senhor meu Deus, de todo o coração. Darei glória ao teu nome durante toda a minha vida
13) porque o teu amor fiel por mim é muito grande! Tu me salvaste quando eu estava às portas da morte!
14) Ó Deus, um bando de homens orgulhosos e violentos procura me destruir, sem dar a menor importância a Ti.
15) Mas Tu, Senhor, és o Deus que ama profundamente e perdoa mesmo quem não merece perdão; a sua paciência é grande, o seu amor fiel e a sua verdade duram para sempre.
16) Volta-Te para mim e salva-me pela tua graça; dá forças a este teu servo, salva este filho da tua serva!
17) Mostra-me uma prova de que realmente vais me ajudar, alguma coisa que deixe envergonhados os meus inimigos quando eles virem que Tu, Senhor, me ajudas e me consolas.

sexta-feira, janeiro 22

UM MUNDO DE CARNE E OSSO

Muitos estão tão acostumados em ver as coisas pela ótica material, que aquilo que deixa de existir,acabou para sempre, todavia, porém, entretanto, isso não é verdade. Passamos a existir de uma outra maneira. O corpo vai ao pó, mas a alma volta para Deus, e Ele dá o destino para ela. Sim, muitos que morreram no pó, ainda existem. Nossa eternidade apenas começou. Ah! A alma eterna! Não pensamos muito nela. Somente naquilo que podemos apalpar e ver toma conta do mundo. Mas esta parte de nós, está bem guardada, por Aquele que é poderoso para trazer a existência coisas que não existem. Nosso Deus!!!! A Ele toda a glória. O que seria do mundo sem a alma, sem as emoções, sem a fé, sem as incógnitas?
Nosso passado de erros, dando lugar a uma alma lavada e redimida, cheia de esperanças. Oh! Como é bom desfrutar da esperança. Quem não tem esperança é um morto-vivo. É um defunto ambulante. Um cadáver de filme de terror.

VOCÊ JÁ CHOROU HOJE?

Quando nossos olhos estão secos é de se lastimar.
Não podemos deixar que isso aconteça!
Não se pode deixar de chorar pelo abandono de crianças indefesas, pela drástica tomada de decisão à favor de um aborto, crianças que não tem como expressar seu desejo de viver, seu direito de existir, seu direito de experimentar o leite materno...
Não se pode deixar de chorar por uma vida humana que se perde por causa de míseros cinquenta reais. Tira-se a vida por muito menos - vidas preciosas, cuja falta faz enternecer e quebrantar os corações, deixando a marca da saudade jamais recuperada.
Não podemos deixar de chorar pelo nosso país entregue nas mãos de pessoas sem escrúpulos, arrogantes, ambiciosas, imbecis, teatrais, mascaradas...
Não podemos deixar de chorar pelas tragédias no mundo em geral, não só as do Haiti. Pelos massacres de crianças inocentes, pelo vexame de mulheres estrupadas sem qualquer misericórdia.
Não podemos deixar de chorar por um jovem, que parte deste mundo sem uma experiência profunda com Deus. Que lutou para entrar numa faculdade, que sonhou, que perdeu... A eternidade é só o começo de uma vida.
Não se pode deixar de chorar por homens que trocam a verdade de Deus em mentira, cegos, enganando e sendo enganados.
Não podemos deixar de chorar pelas vidas cercadas pela violência. Que mata e morre. Que perde as oportunidades. Que mergulha no mal. Aquele que luta pela espada, perecerá pela espada, como adverte a Palavra de Deus.
Não se pode deixar de chorar pela onda de permissividade que assola o mundo. Que traga a inocência. Que remove o marco da bondade. Que destrói a harmonia. Que alavanca a miséria.
Não podemos deixar de chorar por ver a que ponto chegou a humanidade: egoísta, sem iniciativa no dia-a-dia, tão longe da cortesia, tão indiferente às necessidades alheias, tão preocupada com o ter, o se esconder do próximo. Essses dias estava em um supermercado, onde a próxima cliente iria pagar um xampu, mas faltava alguns trocados para inteirar sua compra. Ela já ia deixar o produto no balcão quando eu não resisti a um impulso de completar a sua compra. Sei que a reação das pessoas são imprevisíveis, mas o que custava uma gentileza? Nosso mundo está cada vez mais frio e impessoal. Se alguém está sendo maltratado do seu lado, as pessoas fingem que não estão vendo nada. Não querem se envolver. Em que miséria se encontra a humanidade!!!!!! Não é de se admirar que haja tanta violência espalhada pelo mundo. O sucesso da tecnologia não ativou a alavanca do amor...
Não se pode deixar de chorar por uma criança que descobre aos oito anos que é homossexual. Que tipo de vida aguarda este coração. Que lutas mentais!
Não se pode deixar de chorar por um mundo que despreza a Deus e se afunda cada vez mais no pecado. Na libertinagem, na promiscuidade, no crime, nos desejos pela maldade, sem freio, sem um basta!

Peçamos ao Senhor que não deixe nossos olhos se secarem por causa da iniquidade dominante.

SE EU TIVESSE DE VOLTA...


... Meus dezoito anos com toda a energia disponível...

Aproveitaria mais as amizades com pessoas nobres e de vida piedosa.
Teria aprendido francês.
Iria me empenhar em ler mais livros abençoados.
Veria a melhor maneira de ser útil mais vezes a alguém.
Abraçaria mais as pessoas.
Andaria mais a pé.
Demonstraria mais carinho e amor através de coisas concretas.
Usaria melhor meu tempo em coisas mais úteis.
Eu ia apreciar melhor flores e plantas.
Arrumaria um cachorro pastor alemão.
Visitaria mais as pessoas.
Ajudaria mais crianças.
Tentaria compreender melhor os mais crescidos que eu.
Andaria mais de bicicleta.
Contemplaria mais o por-do-sol.
Andaria mais de mãos dadas.
Escreveria um diário para guardar todas as lembranças, mesmo as tristes, que importa?
Cantaria mais louvres ao meu Deus.
Participaria como voluntária em alguma ong de ajuda a idosos.
Pintaria quadros de crianças brincando.
Escreveria mais cartas.
Compraria um telescópio...
Cuidaria melhor de minha saúde.
Tiraria foto de todos os meus amigos de infância e adolescência, e quando eles faltassem eu olharia as fotos e relembraria os velhos tempos.

FOTOS





quinta-feira, janeiro 21

ESTUDO BÍBLICO


Como Estudar a Bíblia
R A Torrey

1. Tenha Tempo Todos os Dias Para Estudar (Salmo 1.2, 3)


A pessoa que, resolutamente, fizer um voto de estudar a Bíblia logo verá que cumprirá esse voto. O estudo diário será fato singular e fará diferença em sua vida. Pouco a pouco, o estudo vai-se transformando em qualidades que você mesmo não perceberá até ter feito o estudo por muito tempo. A quantidade de tempo a ser gasta é você quem deve decidir. Uma hora diária seria melhor, mas muito pode ser feito em quinze minutos. Tenha uma visão a longo prazo sobre esse estudo. Talvez nem todas as sessões de estudo não abra maravilhas para você, mas, com o correr do tempo, verá que tem sido uma boa influência.

2. Estude Mesmo a Bíblia (João 5.39)

Não fique satisfeito com um simples correr de olhos pelas páginas da Bíblia. Examine-a! Leia e releia as passagens para que se aproveite a verdade escondida nas páginas. Examine-as! Faça perguntas e procure as respostas: O que isto significa? O que isto significa para mim? Só tem isso? Procure entendimento pelas palavras diferentes que notar. Pese cada uma. Verifique outros versículos que têm a mesma palavra. Não seja um bebê o tempo todo -- estude você mesmo a Bíblia. Você pode atingir o significado. Forme seu próprio pensamento sobre o assunto.

3. Estude por Tópicos (Jeremias 15.16)

Essa é a maneira mais simples de estudar a Bíblia, é o método que mostra os resultados mais rapidamente. Procure estudar tópicos na Bíblia (por exemplo: justiça ou amor). Não isole seu estudo em uma única parte. Veja o assunto por inteiro. Dessa maneira, saberá tudo o que Deus diz sobre o assunto. Compre ferramentas para ajudarem no estudo, tais como: concordância bíblica, comentários, dicionário bíblico. Não é necessário ler um livro da Bíblia por inteiro para ter-se um estudo pelos tópicos. Use as ferramentas. Procure cada versículo que menciona o seu tópico, seja de cidades (Galiléia, Jerusalém, etc.), de assuntos (oração, amor, arrependimento, lar, paciência, etc.) ou de pessoas (Jesus, Moisés, Pedro, Noé, José, etc.) e logo ficará sabendo muito mais sobre a matéria.

Mas lembre-se:
a. Seja Sistemático - Faça antecipadamente uma lista dos assuntos que quer estudar e estude-os um por um. Inclua vários para não ficar detido apenas em um só.

b. Seja Completo - Não estude só uns poucos versículos. Vá até onde não haja mais o que conhecer.

c. Seja Exato - Entenda realmente as palavras. Anote-as, use um dicionário para entendê-las. Anote o que vem antes e depois, compare com outras passagens similares.

d. Seja Organizado - A informação pode ser boa, mas muitas vezes precisa ser considerada de maneira útil. Escreva em um caderno o que aprende e o que quer aprender. Faça uma lista de perguntas e anote a resposta pelo estudo (1 Coríntios 14.40).

4. Estude por Capítulos (Isaías 28.10-13)

Essa maneira de estudo é a que toma menos tempo. Selecione os capítulos que quer estudar. Não comece por Gênesis, mas talvez João, Atos ou Salmos. Leia o capítulo cinco vezes (uma destas vezes em voz alta). Divida o capítulo em seções e descreva cada seção com um título. Anote os fatos principais na ordem que aconteceram. Anote as pessoas mencionadas e algo que aprendeu sobre elas. Anote as principais lições do capítulo. Procure uma verdade central no capítulo e anote-a. Há um versículo-chave no capítulo? De qual versículo você gostou mais? Marque-o e memorize-o. Coloque um nome no capítulo. Anote assuntos para estudos posteriores. Anote frases ou palavras para estudos posteriores. Anote as novas verdades que aprendeu no capítulo. Anote as coisas que aprendeu, as verdades que já conhecia e viu no capítulo. O que mudou na sua vida graças ao estudo do capítulo?

5. Estude a Bíblia por Ela Ser a Palavra de Deus (1 Tessalonicenses 2.13)

Desenvolva um maior desejo de conhecer a Bíblia, mais do que por outro livro qualquer. Aceite o que ela ensina, mesmo sem entender tudo ou concordar com todo assunto que estudou. Tenha confiança no que ela diz. Obedeça ao que aprende dela (Mateus 7.24, 25). Seja atento para ouvir a Deus por meio dela. O estudo da Palavra de Deus é tempo gasto com Deus.

6. Estude com Oração (Filipenses 4.6)

Antes de começar o estudo, ore. Durante o estudo, procure a Deus pela oração. Depois de estudar, entre em oração. É Deus quem explica o que vai ser estudado (1 Coríntios 2.15, 16). Peça graça para aceitar a verdade que não entende. Peça a graça de Deus para eliminar da mente e da crença o que não é verdadeiro. Deus está sempre presente.

7. Procure por Cristo (Lucas 24.27)

No estudo da Palavra de Deus procure pelo Filho de Deus em cada página. A Bíblia tem como tema central a exaltação de Jesus Cristo. Por Cristo, o Pai é exaltado sempre. Anote onde você encontra Cristo.

8. Use os Momentos Livres (Efésios 5.16; Colossenses 4.5)

Nem sempre é fácil estudar a Bíblia, mas podemos achar tempo nas salas de espera, nas filas e nos pontos de ônibus, nos minutos vagos entre atividades (refeições, banho, etc.). Tenha sempre consigo uma Bíblia ou um Novo Testamento ou uma folha com seu estudo. Leia, anote um pensamento, continue a aprendizagem.

9. Grave o que Aprender (Salmo 119.11)

Lembre-se da referência da verdade aprendida (o "endereço" dela). Anote o versículo principal e memorize-o. Ensine a verdade aprendida aos outros. Aplique as verdades a sua vida.

Extraido :http://www.celebrandodeus.com/estudos/estudos.asp?id=1

domingo, janeiro 17

O QUE ME ENTRISTECE NESTE PAÍS

A política pornográfica e promíscua da camisinha.
O Lixo espalhado pelas ruas (Não tenho coragem de jogar um papel de bala no chão. Coloco na bolsa e levo prá casa)
As futilidades de programas como o "BBB". Tenho vontade de vomitar.
O descaso com a saúde.
O descaso com crianças e adolescentes.
A ditadura gay que temos que aceitar como procedimento normal. E nós, heterossexuais é que somos anormais.
O jogo sujo dos políticos.
As pessoas não valorizarem o Brasil.
A hipocrisia da mídia brasileira.
A perseguição aos evangélicos.
O mercantilismo dos cantores evangélicos.
A hipocrisia de mulheres que se envolvem em escândalos para se promoverem.
Sem contar a má distribuição de rendas.
A exploração dos povos indígenas e vai por aí a fora.

sábado, janeiro 16

O QUE DESEJAMOS PARA 2010

Quando nos deparamos com a Palavra de Deus, ela nos incentiva a crer. Crer em um Deus provedor, amoroso e que cuidará de nós; e nessa prática o cristão pode encontrar forças para viver, refúgio nas horas de angústia, pois elas virão, mesmo que essa idéia não nos agrade muito, enfim, o futuro pode ser menos tenebroso para aqueles que descansam em Deus, com certeza. Por outro lado, você escuta jargões de final de ano, que sinceramente, saem da nossa boca de uma forma tão banal que me pergunto: porque as pessoas dizem estas coisas, Por exemplo:
"Um ano cheio de saúde para todo mundo" - a gente sabe que prá muita gente não vai ser assim.
Um ano novo com muito dinheiro no bolso. Prá quem? Para empresários, cantores, modelos, dentistas e médicos?
O ano Novo onde todos os teus sonhos se realizem. Bobagem! Nem todos vão se realizar mesmo.
Um Ano Novo cheio de alegrias e felicidade prá todo mundo. Que todo mundo nada! Nem todos vão ser felizes. Muitos vão passar angústias e tribulações. A gente devia desejar que nós tivéssemos mais condições de ajudar os outros e vencer o egoísmo que destrói a humanidade.
Que o Senhor nos ajude a ter em 2010, mais desejos sinceros que se tornem realidade a favor dos necessitados e aflitos deste mundo. Não um jargão qualquer para tão somente responder a uma pergunta ou encerrar um assunto..

quarta-feira, janeiro 13

SUGESTÕES MISSIONÁRIAS

UMA SECRETARIA DE MISSÕES
O QUE É E COMO ORGANIZAR
"Missões é o cumprimento do imperativo de Deus dado à
 Igreja, de proclamar com fidelidade o Evangelho a todas
as nações, de modo contextualizado, pela persuasão e
vivência por todos os meios possíveis, estabelecendo igrejas
autóctones, para a Glória de Deus" (AMTB).

Apresentação

O crescimento de nossas igrejas e a ampliação da visão
 em relação à sua missão tem provocado verdadeira revolução
 missionária nas comunidades eclesiásticas. É cada vez maior
o número de crentes que sentem que devem assumir a responsabilidade
de evangelizar o mundo inteiro. Nesse ideal, muitos têm se apresentado
 para o trabalho missionário e outro tanto assumido o compromisso de
 sustentar, com orações e ofertas, aqueles que vão.
Louvamos a Deus pelo despertamento missionário porque passam muitas
de nossas igrejas. Entretanto, queremos ver todas as igrejas completamente
envolvidas e comprometidas com missões. Ansiamos pelo dia quando as
 igrejas do Brasil terão o seu Conselho Missionário tão bem organizado que
poderão oferecer recursos materiais e espirituais àqueles que hoje servem
de exemplo para os futuros missionários.
Com a finalidade de ajudar cada igreja a desenvolver a obra missionária de
maneira abrangente, publicamos este manual
 Conselho Missionário: O que
 é e como organizar. Com ele todas as igrejas, qualquer
 que seja o seu tamanho,
 serão capazes de organizar um Conselho Missionário
e de trabalhar de maneira
 mais eficiente na ampliação da visão missionária dos crentes.
Nossa oração é que este manual ajude sua igreja a
cumprir as determinações de
Atos 1.8 e a reescrever a história de missões na
 comunidade local, na sua cidade,
 no seu Estado, no Brasil e no mundo.

CONSELHO MISSIONÁRIO

DEFINIÇÃO E PROPÓSITOS

É um grupo formado por pessoas escolhidas pela igreja, segundo
o governo local, disposto a ser instrumento nas mãos de Deus,
 com o propósito de motivar e mobilizar toda a igreja para o
cumprimento da Grande Comissão (Mt 28.18-20).

O Conselho Missionário tem por objetivos principais:

• Gerenciar todo o programa missionário da igreja local;
• Ampliar a visão missionária da igreja com base
 nos ensinamentos bíblicos;
• Definir as estratégias para a expansão da obra missionária;
• Assessorar a liderança na área de missões;
• Envolver a Igreja no programa missionário denominacional;
• Manter a igreja informada sobre o avanço da obra missionária
na cidade, no Estado, no Brasil e no mundo;
• Desenvolver projetos missionários que atendam
 às reais possibilidades da igreja;
• Promover campanhas, conferências, congressos missionários etc.;
• Promover a intercessão missionária;
• Estabelecer um programa de apoio aos vocacionados que queiram se
preparar para o trabalho missionário;
• Mobilizar a igreja para que viva missões durante os 365 dias do ano.

COMO FORMAR UM CONSELHO MISSIONÁRIO

Qualquer igreja pode ter um Conselho Missionário.
Organizar e mantê-lo
 funcionando é tarefa ao alcance de todas as igrejas,
 independentemente do seu tamanho.

Passos para formar o Conselho Missionário

1. Orar e buscar a visão de Deus para a obra que se pretende desenvolver;
2. Partilhar a idéia da formação do Conselho com o pastor da Igreja, que é
o líder e, portanto, a pessoa-chave no processo;
3. Detectar outros membros da igreja que tenham o mesmo pensamento;
4. Buscar o apoio da liderança da igreja;
5. Apresentar, individualmente, a idéia àqueles membros que pensam
diferente a fim de ganhar-lhes o apoio;
6. Elaborar um anteprojeto para a criação do Conselho Missionário e
 oferecer cópias do documento ao pastor e à liderança, solicitando sugestões;
7. Contatar com igrejas que possuam um Conselho Missionário para
 entender melhor a sua estrutura e funcionamento.

COMO ELABORAR O ANTEPROJETO

Um anteprojeto bem elaborado deve conter os seguintes itens:

Objetivo
Estabelecer os objetivos que se pretende alcançar com a formação do
Conselho Missionário na igreja local.

Justificativa
Explicar o porquê da necessidade de se criar um Conselho Missionário.
Enfatizar a urgência da expansão da obra missionária na localidade, no
Estado, no Brasil e no mundo. Ressaltar a necessidade de um maior e
 melhor gerenciamento do programa missionário da igreja local.

Perfil da Igreja
Descrever as características da membresia da igreja local (número
 de membros, sexo, escolaridade, nível sócio-econômico,
número de contribuintes etc.)

Problematização
Apresentar os desafios e as necessidades para avanço
 da obra missionária no Brasil e no mundo.

Perfil dos membros do Conselho Missionário
Definir as características que cada crente deverá ter para ser indicado
 para compor o Conselho Missionário (maturidade cristã, ardor missionário,
 paixão pelas almas sem Jesus, visão da extensão da obra missionária).

Atividades
Relacionar todas as atividades a serem desenvolvidas pelo Conselho
 Missionário a fim de alcançar os objetivos propostos.

Orçamento
Apresentar à igreja as necessidades financeiras para que o Conselho
 Missionário possa desenvolver suas atividades.

A ESTRUTURA DO CONSELHO MISSIONÁRIO

Formar um Conselho Missionário não é tarefa muito simples.
Dadas às suas peculiaridades, a sua organização exige um
 bom planejamento e uma estrutura mínima de funcionamento.
O organograma abaixo ilustra a estrutura do
Conselho Missionário de uma igreja local.

Note bem: o pastor deve fazer parte do Conselho Missionário.
 Como líder espiritual (e geralmente presidente da igreja) ele é
de fundamental importância na sua liderança. Além disso, como
sempre acontece, mesmo não ocupando cargos na diretoria, o
 pastor é membro ex-ofício de todas as organizações da igreja,
inclusive do Conselho Missionário.
Se a igreja começa a dar os primeiros passos na organização do
 Conselho Missionário, não há necessidade de montar todas as
 áreas de uma só vez. A igreja pode ir aos poucos se estruturando
para que tudo funcione a contento. As sugestões constantes deste
 manual podem e devem ser ajustadas à realidade local.

Considerações gerais

a. A igreja pode começar um Conselho Missionário com qualquer número
 de membros levando-se em conta o tamanho da igreja e o ministério
de missões que pretende desenvolver. É importante que todos os seus
componentes sejam membros ativos.
b. Todos os membros do Conselho Missionário serão eleitos pela igreja.
 O tempo de mandato de cada um deles será estabelecido conforme
 critérios adotados pela igreja. Caso um membro do Conselho
Missionário ou o próprio presidente precise deixar o cargo, o
 próprio grupo deve criar critérios de substituição.
c. Até que esteja organizado, e com a própria diretoria eleita, o
Conselho Missionário será constituído pela diretoria da igreja,
com a avaliação do pastor em conjunto com os líderes que estão
procurando estruturar o trabalho.
d. Mesmo após a sua organização, é bom que pelo menos um
 dos membros da diretoria da igreja faça parte ativa do Conselho Missionário.
e. Os membros do Conselho Missionário devem reconhecer
essa função como um ministério.

ATRIBUIÇÕES DE CADA FUNÇÃO

Presidente
O presidente é o líder de missões, mas está submisso
 à autoridade do pastor da igreja.
Ele pode representar o Conselho Missionário nas reuniões
 da diretoria da igreja e
de outros departamentos, objetivando a
 unidade do ministério missionário
 da sua comunidade eclesiástica. Além disso, o presidente deve:
• Organizar a promoção missionária na igreja local;
• Manter a unidade e eficácia dos departamentos missionários;
• Encorajar os membros do Conselho Missionário
nas suas respectivas funções;
• Administrar as verbas destinadas ao
 Conselho Missionário, apresentando
relatório mensal à igreja;
• Envolver os membros do Conselho Missionário,
 quando possível, nas visitas
aos campos, sob a orientação das respectivas juntas missionárias;
• Promover e liderar as conferências missionárias na igreja.

Vice-Presidente
Cabe ao vice-presidente assessorar e substituir o presidente em todas as
 ocasiões quando isso se fizer necessário.

Secretário
O secretário do Conselho Missionário deve fazer
 o registro das atas
de todas as reuniões do Conselho Missionário e
 cuidar da correspondência.
 É sua tarefa empenhar-se para que haja um
 excelente fluxo de informações
 entre o Conselho Missionário e a igreja.
 Deve manter a agenda dos
 departamentos em dia, com todas as atividades,
 datas, horários etc.,
sempre de acordo com a agenda do pastor
e da igreja. O secretário
 deve fazer contato periódico com os
 missionários mantidos pela igreja.
Observação: Não incluímos, na diretoria do
 Conselho Missionário, a
 figura do tesoureiro. Entendemos que toda
 a movimentação financeira
deve ser realizada através da tesouraria
 da igreja, devendo a diretoria
do Conselho Missionário prestar
 contas à igreja.

Atribuições das Áreas
Cada área elegerá o seu coordenador.

Área de Estratégia e Promoção
Tem por finalidade promover e divulgar atividades e estratégias que
 motivem e comuniquem sobre a obra missionária.

É sua atribuição envolver toda a igreja em missões
com as seguintes atividades:

• Preparar metas para o sustento, oração e integração da igreja com
os seus obreiros nos campos de missões;
• Manter os membros da igreja informados acerca do trabalho
 desenvolvido nos campos de missões estaduais, nacionais e mundiais;
• Servir como ponte entre a igreja local, os missionários e as
 juntas missionárias;
• Divulgar informações sobre os diversos campos missionários,
seus projetos, desafios e as juntas missionárias;
• Incentivar as correspondências com os obreiros nos campos;
• Promover e organizar conferências missionárias, congressos,
 simpósios missionários etc.;
• Promover, sob a coordenação e orientação das juntas missionárias,
visitas aos campos missionários.

A importância do promotor de missões
O promotor de missões é pessoa de fundamental importância na
organização e funcionamento do Conselho Missionário e
 especialmente na Área de Estratégia e Promoção.
O promotor precisa demonstrar ardor pela obra missionária
 e contagiar outros com a sua atuação. Elo entre a igreja
e as agências missionárias, o promotor pode ou não ser o
 presidente do Conselho Missionário da igreja.

Quem é o promotor de missões?
O promotor de missões é aquele a quem Deus chamou
 para uma tarefa muito especial, que é ajudar a igreja a
desenvolver sua consciência missionária,
despertando-a para os desafios da evangelização.

Características essenciais ao promotor de missões
Para ser promotor de missões o candidato deve apresentar
 algumas características fundamentais ao exercício das suas funções:
• Ter convicção de sua salvação;
• Dar bom testemunho cristão;
• Ser membro ativo da igreja;
• Buscar diligentemente o preparo espiritual, através da oração e
da leitura da Bíblia;
• Manter-se informado acerca do avanço da obra de evangelização;
• Ter disposição e disponibilidade de tempo para divulgar o trabalho
 missionário que é realizado no Brasil e no mundo sempre que
 lhe for oferecida uma oportunidade;
• Sentir-se chamado por Deus para o trabalho de promoção;
• Ter competência, visão, iniciativa, comprometimento, autoconfiança,
 liderança, fluência na palavra e organização.

Área de Educação Missionária
Tem por finalidade ajudar na formação da consciência
 missionária da igreja local.
É sua atribuição envolver toda a igreja em missões
 com as seguintes atividades:

• Planejar, em conjunto com a área de promoção
 e membros do Conselho
Missionário, conferências, congressos, simpósios,
 feiras, exposições missionárias etc.;
• Promover a criação de uma biblioteca missionária;
• Estimular a leitura de livros de teor missionário e os periódicos
publicados pelas juntas missionárias;
• Criar oportunidades para que os membros da igreja se envolvam
com os missionários através da oração, ou desenvolvendo um
ministério de oração em favor da obra missionária;
• Conscientizar os crentes através de estudos,
 mensagens e reflexões
sobre a necessidade da contribuição para o
 sustento e a expansão da obra missionária;
• Implantar, em conjunto com o(a) diretor(a)
de Educação Religiosa da igreja,
uma classe de Introdução a Missões, como
 parte do programa regular da EBD,
com duração e currículo fixos, para que todos
 os membros da
 igreja tenham a oportunidade de participar;
• Atuar em conjunto com o (a) educador(a)
religioso (a) da igreja,
a fim de promover uma melhor e maior
 conscientização missionária
das crianças, durante todo o ano eclesiástico;
• Criar o Momento Missionário no culto
 (matutino e/ou vespertino)
para orar por um missionário, um povo ou ler a
experiência de um obreiro ligado à igreja;
• Organizar um espaço de missões.

COMO CRIAR UMA CLASSE DE INTRODUÇÃO A MISSÕES

Em conjunto com o Departamento de Educação da Igreja,
escolher uma sala para uma quantidade limitada de participantes,
de acordo com o número de membros da igreja. Cada classe
deve ter uma rotatividade de três meses e incluir em seu currículo
 uma introdução clara e objetiva sobre missões. Ao final do
 trimestre de estudos, poderá ser oferecido aos
participantes um certificado de conclusão do curso.

Como criar um espaço de missões
O Conselho Missionário deve possuir um espaço aberto ao
público, para exposição dos certificados de adoção missionária,
 divulgação de relatórios, estatísticas, anúncios,
informações sobre os campos etc.

Organização
• Escolher um local adequado e de fácil acesso. Pode ser uma sala,
 um hall, uma parede, ou um mural.
• Escolher uma pessoa, do Conselho Missionário, para cuidar do seu
 bom andamento e da sua boa utilização e do envolvimento da igreja
no programa de conscientização missionária através deste espaço.
• Decorar este espaço com mapas, fotos, quadros estatísticos, objetos,
trajes típicos, para apreciação e exposição.
• Providenciar livros, revistas, jornais, folhetos com temas missionários
e montar uma pequena biblioteca para empréstimo
 e divulgação aos membros da igreja.
• Utilizar o espaço, no caso de sala, para promover encontros de
oração em favor dos obreiros e dos campos.
• Abastecer o espaço com informações atualizadas sobre os obreiros,
os campos missionários e as necessidades dos povos.

Como realizar uma Conferência Missionária
A Conferência Missionária tem como propósito desafiar
 e encorajar os membros da igreja para a expansão da
 obra missionária, no sentido de estabelecer o
 programa missionário que a igreja assumirá.

Planejamento

Primeiros passos:
• Definir a data, o local e o horário;
• Definir a equipe organizadora;
• Estabelecer o número de participantes e
o público-alvo que se deseja atingir;
• Escolher o tema e a ênfases a serem abordados
 na Conferência Missionária;
• Elaborar o conteúdo do programa;
• Escolher e contatar os conferencistas e preletores;
• Divulgar, com boa antecedência, toda a programação;
• Confeccionar convites e cartazes para a promoção.

Programação
• Definir, em conjunto com a equipe, a região geográfica que será
enfocada (estados, países, continentes ou regiões);
• Escolher as músicas, os textos bíblicos, os regentes,
os músicos, os dirigentes etc.;
• Definir os enfoques para abordagem nos seminários
 ou grupos de interesse;
• Elaborar, paralelamente à experiência missionária, uma
 Conferência Missionária Infantil, na qual serão apresentadas
 histórias missionárias, textos bíblicos e atividades manuais que
 despertem nas crianças amor e visão missionária.


COMO REALIZAR UMA EBF MISSIONÁRIA

O que é?
É uma extensão da EBD; é a igreja investindo na sua tarefa
 básica de buscar, ensinar, ganhar e treinar pessoas, no
propósito de proporcionar às crianças oportunidades
para conhecer melhor e participar do trabalho que
as igrejas realizam no Brasil e em diversos países do mundo.

Planejamento

Primeiros passos:
• Definir o local onde a EBF Missionária será realizada (na sede,
numa das congregações ou outro local);
• Estabelecer o horário mais apropriado de acordo com a realidade
 da igreja (manhã, tarde ou noite);
• Divulgar o evento com boa antecedência;
• Pesquisar e aprofundar os temas missionários que serão abordados;
• Providenciar os recursos financeiros necessários;
• Confeccionar convites, faixas e cartazes para divulgação;
• Providenciar todo o material didático
 necessário para realização das atividades.

Equipe necessária
• Diretor
• Secretários
• Professores e auxiliares
• Comissões (música, divulgação, lanche, recreação, limpeza etc)

O programa geral
• Organizar cuidadosamente os programas diários;
• Distribuir o material de atividades para cada professor
 (histórias, trabalhos manuais etc.);
• Preparar o ambiente de cada sala com gravuras, bandeiras
 do Brasil e nações focalizadas, globo terrestre etc.;

Observação: Dar destaque à Bíblia em todas
as atividades da programação.

Realizando a EBF Missionária
• Certificar-se, diariamente, de que tudo está pronto para
a chegada das crianças (recepcionistas,
crachás, professores, auxiliares, musicistas etc.);
• Organizar a programação de acordo com o seguinte roteiro:
1. Processional (entrada das crianças em marcha)
2. Boas-vindas
3. Saudação às bandeiras Nacional e à Bíblia Sagrada
4. Recitação do tema e da divisa da EBF Missionária
5. Cântico do hino oficial da EBF Missionária
6. Leitura bíblica alternada
7. Oração
8. Divisão em classes
9. Estudo bíblico missionário
10. Atividades de fixação (exercícios, cânticos etc.)
11. Lanche
12. Recreação
13. Inspiração missionária (história moral)
14. Atividade manual
15. Atividades de encerramento
• Ao final de cada dia de atividade, após a saída das crianças,
 reunir a equipe para uma avaliação. Levantar os pontos positivos
 e negativos da programação e buscar soluções para que os
 problemas não se repitam. Encerrar com uma oração.
• Planejar, em conjunto com a equipe, para o último dia da EBF
 Missionária, uma exposição de todos os trabalhos manuais feitos
pelas crianças para apreciação da igreja, dos pais e dos convidados.

COMO REALIZAR UM CONGRESSO MISSIONÁRIO

O Congresso Missionário é um encontro de pessoas que
se reúnem para tratarem de assuntos de importância para a
obra de evangelização, com o propósito de despertar os crentes
 quanto à sua responsabilidade missionária, motivando-os para o
 sustento de obreiros e despertando vocacionados e intercessores.

Planejamento

Primeiros passos:
• Definir a data, o local e o horário;
• Definir a equipe organizadora;
• Estabelecer o número de participantes e
 o público-alvo que se deseja atingir;
• Escolher o tema e as ênfases a serem
abordados no Congresso Missionário;
• Elaborar o conteúdo do programa;
• Escolher e contatar o orador oficial e demais preletores;
• Escolher e contatar os facilitadores (coordenadores) das oficinas;
• Contatar agências missionárias para o envio de material informativo
ou para a instalação de estandes e workshops;
• Divulgar, com boa antecedência, toda a programação;
• Confeccionar convites e cartazes para a promoção.

Programação
• Escolher uma base bíblica que sustente o tema sugerido;
• Escolher as músicas, os textos bíblicos, os regentes,
os músicos, os dirigentes etc.;
• Definir os temas e subtemas a serem abordados nas oficinas;
• Levantar todo o material didático necessário ao
 bom andamento das oficinas;
• Contatar agências missionárias e viabilizar a
 presença de um ou mais
obreiros para participação nas oficinas e/ou preleções;
• Planejar um congresso simultâneo para as crianças;
• Recrutar uma equipe de professores e auxiliares
 para o planejamento das atividades diárias;
• Viabilizar a participação dos preletores
oficiais no Congresso Missionário Infantil;
• Providenciar lanche para os congressistas mirins;
• Providenciar todo o material necessário às atividades.


POLÍTICA DE SUSTENTO MISSIONÁRIO

Cabe ao Conselho Missionário estabelecer, criteriosamente,
regulamentos para o sustento de missões de acordo com a visão
clara que encontramos na Bíblia.

A igreja local deve assumir as seguintes responsabilidades:
1. Sustentar financeiramente (integral ou parcial)
os missionários adotados;
2. Criar oportunidades, através do Conselho Missionário,
para motivar os seus membros a contribuírem para a obra missionária.

A igreja, na sua soberania, tem os meios de levantar
ofertas missionárias, através do:

a) Fundo Missionário - Criado no orçamento da igreja e aberto aos
 irmãos que desejam contribuir diretamente para projetos missionários, etc.

b) Ofertas Especiais - São ofertas levantadas em ocasiões específicas.
É claro que as respectivas campanhas podem se estender a critério da Igreja.

c) Programa de Sustento Missionário - Quase todas as convenções estaduais,
possuem um programa de sustento missionário. Esse programa possibilita
um envolvimento direto e constante da igreja e dos crentes na obra de missões.
 Através do sustento parcial ou integral dos missionários, muitas igrejas e
 inúmeros crentes estão expandindo o reino de Deus aqui na terra.

Quem pode participar do programa de sustento missionário? Todas
as igrejas e suas organizações pessoas físicas e jurídicas. Enfim, todo
 crente que ama missões e tem como sua a responsabilidade de
 evangelizar os povos, encontra nesses programas a oportunidade
de participar dos esforços missionários das juntas e das convenções
 estaduais. O mais importante é que o participante assume, não apenas
o compromisso de contribuir financeiramente, mas, principalmente, o
de orar diariamente pelo obreiro adotado.

Como a igreja local pode aplicar as ofertas levantadas?
• No sustento dos missionários;
• No apoio aos projetos missionários;
• Na organização e promoção de congressos,
conferências e simpósios missionários.

As reuniões do Conselho Missionário
Por ser um grupo que representa a igreja nas decisões e
atuações missionárias, o Conselho Missionário deve realizar
 reuniões periódicas. A presença de todos os
 membros é fundamental e deve ser requerida.

PREPARO MISSIONÁRIO

O preparo missionário é de grande importância, pois oferece aos
 membros do Conselho Missionário subsídios para orientar
os vocacionados que desejam se preparar melhor para servir ao
 Senhor, no campo ou na igreja local.

O preparo missionário pode ser de três maneiras:

• Preparo formal
O vocacionado que opta por esse tipo de preparo acadêmico deve
entrar em contato com a instituição teológica através da qual pretende
 se preparar. Em geral, essas instituições exigem que o candidato
 seja recomendado pela igreja onde é membro, escreva a sua
 experiência de conversão e chamada e tenha, até a data da matrícula,
no mínimo 18 anos completos.
Por oferecerem cursos de nível superior, o candidato deve apresentar
certificado de conclusão do 2º grau. Algumas instituições, além da
documentação de praxe, submete os candidatos a um exame vestibular.
O vocacionado pode optar por um dos seguintes cursos:
• Bacharel em Teologia
• Bacharel em Educação Religiosa
• Bacharel em Música Sacra
• Educação Missiológica e outros
A duração média desses cursos é de quatro anos. Ao conclui-lo,
 o vocacionado recebe o grau de Bacharel.
• Preparo informal
O preparo informal não faz tantas exigências ao candidato.
Em geral, basta ser membro ativo de uma igreja e ser por ela
 recomendado. Esse preparo é oferecido:
• Por um centro de treinamento, por uma igreja
 ou associação de igrejas.
• Por uma instituição teológica
É comum as instituições de ensino teológico formal oferecerem
cursos de extensão, abertos às comunidades eclesiásticas. São
 os chamados cursos para leigos. Alguns desses cursos são oferecidos
durante o ano letivo ou no período de férias.

CONSIDERAÇÕES FINAIS
• A sua igreja, qualquer que seja o tamanho, pode ter um Conselho
 Missionário. É só estruturá-lo adaptando
 as sugestões deste manual à realidade local.
• O Conselho Missionário não substitui o trabalho das agências
missionárias. Ele existe para apoiar e divulgar o trabalho missionário.
 Às agências missionárias cabem as tarefas de selecionar, treinar e
 supervisionar diretamente o trabalho dos missionários nos campos.
• O Conselho Missionário foi criado para estimular os vocacionados
e incentivar os crentes e a igreja local a uma participação efetiva no
 sustento espiritual e financeiro da obra.
• Uma vez organizado e estruturado, o Conselho Missionário
 se responsabilizará em formar o estilo de vida missionária da igreja.

CONCLUSÃO
A história da expansão da Igreja de Cristo narrada no livro de
Atos dos Apóstolos ainda não está concluída. Os cristãos primitivos
 escreveram os primeiros 28 capítulos. Os demais têm sido escritos
 ao longo dos anos pelas igrejas que ousaram investir na
obra missionária. Os próximos capítulos estão sob a sua responsabilidade.
Para a igreja que quer desenvolver um ministério de conscientização
 missionária, este Manual pode ser de grande valia. Então, mãos à obra!
SUGESTÕES DE ATIVIDADES:

• Tirar Xerox de um calendário e dar para cada membro
da Secretaria, marcado o dia de cada reunião ao mês.
• Fazer lembrancinhas para os missionários.
• Preparar um chá missionário após o culto de missões,
com vários cartazes espalhados pelo salão, ou bandeiras.
• Trazer um Missionário para dar uma Palestra.
• Celebrar o Dia de Missões com um almoço com pratos
 típicos de algum país.
• Comprar o Livro “Até aos Confins da Terra”, o Filme
 da Missão Portas Abertas – O Livro Proibido.
• Enviar um membro para participar de um Congresso
de Missões que esteja para ocorrer no país.
• Fazer uma viagem ao Campo Missionário: ( Missão Caiuá, etc).
• Comprar um mapa Mundi inflável, para o culto de Missões.
• Promover um evento em uma rua fechada para evangelismo,
com teatro, música, filme, sopão etc
• Fazer uma caixa-presente, para a família do Missionário.
• Confeccionar baners para pendurar nas colunas da Igreja.
• Confeccionar um imã missionário.
• Promover o “Dia do Vizinho da Igreja” , com visitas,
lembrancinhas, um prato com alguma coisa bem gostosa para a família.
• Mandar notícias da Igreja para o missionário: boletim,carta,
desenhos das crianças, uma revista, um livro etc
• Ligar para o missionário pessoalmente.
• Ir visitar o missionário no campo.
• Promover um macarrão missionário.
• Apresentar um teatro
• Ler testemunhos durante o culto.
• Promover uma “Aurora com o Senhor” .
 Ver o nascer do sol em oração no monte.
• Fazer uma entrevista com missionário, gravar e passar na igreja.
• Providenciar um meio de arrumar versículos em outra língua
 para apresentar no culto de missões.
• Ter atividades extras de Evangelismo
• Ter um painel a cada 3 meses.
• Apresentação por crianças, de cânticos, teatro, etc
• Chamar o pastor para estar presente
 na reunião, pelo menos, 2 vezes por ano.
• Procurar saber a situação real dos missionários.
• Providenciar o INSS do missionário ajudado.
• Providenciar um mural de fotos.

PRESTAÇÃO DE CONTAS
SECRETARIA DE MISSÕES DA 2ª IPI DE MACHADO - MG

 Ministério de Missões Igreja O Brasil para Cristo 
de Campina Grande - PB 


Planejamento do Ministério de Missões Atribuições
Planejamento do Ministério de Missões
Quem faz Parte do ministério:
1.     Líder de missões > atribuição: organizar eventos;
 estabelecer metas, Motivar a equipe, convidar 
os pregadores, estabelecer alvos, participar
 de eventos missionários, fazer contatos,
 investir em obreiros, direcionar a metas financeiras.
2.     Tesouraria > atribuição: Contabilizar a parte
 financeira do ministério, fazer depósitos, mandar 
e-mails avisando sobre nossa oferta, fazer o
 relatório financeiro e passar para a equipe
 de marketing, Buscar trabalhar sempre 
com dinheiro no caixa, dar apoio logístico 
a preletores de fora: marcar diária em hotéis 
e providenciar alimentação.

3.     Equipe de Decoração > atribuição:
 decorar A Igreja Uma vez por mês e os
 eventos organizados pelo ministério; 
trabalhar com antecedência, pedir o dinheiro
 para comprar materiais de decoração com
 pelo menos 10 dias de antecedência, usar
 o Máximo de materiais recicláveis, fazer 
uma decoração bonita com o mínimo de
gasto possível; fazer uma lista de materiais
 que temos a nossa disposição na Igreja e 
os locais onde podemos o encontrar por 
escrito (organização), Guardar todo material
 após o culto de missões, nunca fazer nada
 nas vésperas.

4.     Equipe de marketing > atribuição: 
Fazer os relatórios bimestralmente daquilo
 que o ministério realizou (tanto financeiro
 como de atividades), criar uma marca para
 o ministério de missões (logotipo), organizar 
um Site ou Blog para divulgamos os nossos
trabalhos, projetos e parcerias via on-line, 
fazer a arte da conferência missionária
 (Anualmente – Novembro), organizar os
 slides, vídeos e mídias a cada três messes 
de um calendário fixo para ser apresentado 
na igreja, Criar o jornalzinho de Missões (bimestral).

5.     Equipe de assistência comunitária > 
Atribuições: ficar responsável de arrecadar
 alimentos na igreja e em outro lugares, 
comunicar por escrito a equipe de marketing 
a quem foi entregue os alimentos para 
que possamos expor no relatório, desenvolver
 atividades junto a igreja tais como: gincanas,
 amostras pedagógicas em parceria com outros
 ministérios para arrecadar materiais, divulgar,
 buscar, ir a traz.

6.     Equipe de Evangelização > Atribuição:
 Organizar as duplas ou trios que irão 
sair para o evangelismo, conseguir materiais 
evangelisticos como folhetos, vídeos, revistas;
 Planejar ações estratégicas em parceria com o 
líder de missões para alcançar mais pessoas,
 trabalhar com a meta de evangelizar todas as 
casas da bela vista, conseguir um mapa do bairro
 ou mapear as ruas, organizar momentos de 
oração pela salvação de vidas, participar de 
projetos missionários e ventos de missões, 
motivar a igreja e sempre trazer relatórios.

7.     Equipe de apoio ao obreiro e de cartas > 
Atribuição: Escrever cartas para o Obreiro, 
verificar se o obreiro está passando por alguma 
necessidade, comprar um celular ligador para
 falarmos com os nossos obreiros, dar noticia
 do campo à Igreja Junto ao líder, Receber o
 obreiro quando ele vier em campina, recolher 
as manutenções dos seminaristas sustentados
 pelo ministério e monitorar o seminarista
 quanto a suas notas para que seja permanecida 
ou cortada o seu sustendo.

8.     Direção de culto > Atribuição: dirigir os cultos 
de Missões, preparar a liturgia, dinamizar, 
convidar cantores, ou alguma “apresentação”
 especial.

9.     equipe dos espias > atribuição: espiar o
 campo, conhecer nossas congregações, visitar
 obreiros, apoiar trabalhos com dificuldades, 
pregar em congregações, trazer relatório do 
campo, reconhecer a cidade base do nosso 
projeto missionário.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

FIQUE POR DENTRO